Ergonomia no home office

Ergonomia no home office: como promover na sua empresa?

A ergonomia no home office é um assunto que ganhou força, especialmente com intensa adoção do formato de prestação de serviço remoto em razão da pandemia de Covid-19.

O que é ergonomia e como é possível promovê-la mesmo com os colaboradores em trabalho remoto, diretamente de suas casas, é o que veremos abaixo.

Continue lendo e veja a importância dela e dicas de como colocá-la em prática.

O que é ergonomia?

Para entender o que é ergonomia no home office é preciso antes entender o que é o conceito geral que envolve esse termo.

Esse é o nome que se dá às interações entre o ser humano e os elementos que estão à sua volta, no sistema em que está inserido. O objetivo dessa disciplina é aumentar e otimizar o bem-estar humano.

O seu nome deriva da língua grega, sendo que ele se refere ao trabalho. “Ergon” significa “trabalho”, enquanto “nomos” corresponde a “leis”. A ergonomia teria uma série de regras para que o trabalho permita o bem-estar.

Nesse caso, ela estuda qual é a interação ente o ser humano e seus materiais de trabalho e se eles são adequados à estrutura corpórea, as necessidades, limitações e habilidades dos seres humanos.

Apesar do nome, em sua origem, se referir ao trabalho, hoje a ergonomia vai além dele. Ela se aplica aos estudos e até mesmo às atividades de lazer, sendo essencial para o bem-estar do colaborador e segurança em curto e longo prazo.

Entenda como a ergonomia pode melhorar o ambiente de trabalho em home office

Quando aplicada corretamente, a ergonomia é capaz de garantir uma série de benefícios aos colaboradores e às empresas, dentre os quais estão:

  • Maior produtividade nas atividades;
  • Prevenção contra doenças do trabalho;
  • Melhor interação interpessoal;
  • Melhoria do clima organizacional;
  • Diminuição das faltas.

Tudo isso se aplica também à ergonomia no home office, que é a aplicação de tais conceitos para a prestação de serviços à distância, de forma remota, diretamente da casa do colaborador.

Ergonomia no home office

Para tudo isso, a ergonomia possui uma série de princípios. São eles:

  • Assegurar uma postura de trabalho confortável;
  • Assegurar um posto de trabalho que seja adequado ao tipo de atividade laboral;
  • Reduzir ao máximo possível a necessidade de esforços físicos e estáticos;
  • Organizar o tempo de trabalho com base na realização de pausas;
  • Limitar ou até mesmo eliminar atividades que sã excessivamente repetitivas em relação aos movimentos;
  • Disponibilização de ferramentas e equipamentos que permitam a promoção da ergonomia no ambiente de trabalho;
  • Garantir que as condições do ambiente de trabalho, como iluminação, temperatura e ruídos, sejam confortáveis aos colaboradores e não oferecem risco à saúde deles.

Qual é a importância da ergonomia no home office?

A importância da ergonomia no trabalho remoto é a mesma que para o trabalho presencial. Ela promove o bem-estar do colaborador, evita o desenvolvimento de doenças e dá as condições essenciais para a prestação de serviços.

Outra questão importante é que as leis trabalhistas determinam que o empregador é responsável pelo risco do negócio. Isso inclui os possíveis riscos à saúde do colaborador e às orientações de prevenção. Veja:

Art. 157 – Cabe às empresas: 

I – cumprir e fazer cumprir as normas de segurança e medicina do trabalho; 

II – instruir os empregados, através de ordens de serviço, quanto às precauções a tomar no sentido de evitar acidentes do trabalho ou doenças ocupacionais;

Em 2017, com a Reforma Trabalhista, o legislador também estendeu essa responsabilidade ao home office, para esclarecer a continuidade das obrigações do empregador em relação à saúde e ao bem-estar dos seus colaboradores:

Art. 75-D. As disposições relativas à responsabilidade pela aquisição, manutenção ou fornecimento dos equipamentos tecnológicos e da infraestrutura necessária e adequada à prestação do trabalho remoto, bem como ao reembolso de despesas arcadas pelo empregado, serão previstas em contrato escrito.

Parágrafo único.  As utilidades mencionadas no caput deste artigo não integram a remuneração do empregado.               

Art. 75-E.  O empregador deverá instruir os empregados, de maneira expressa e ostensiva, quanto às precauções a tomar a fim de evitar doenças e acidentes de trabalho.

Parágrafo único.  O empregado deverá assinar termo de responsabilidade comprometendo-se a seguir as instruções fornecidas pelo empregador.       

Como promover a ergonomia no home office?

A promoção da ergonomia para o trabalho remoto pode parecer algo impossível ou até mesmo fora dos limites de atuação do empregador, só que isto não é verdade.

Existem diversas formas de promoção da ergonomia no trabalho, independentemente se ele é prestado na sede empresarial ou na residência do colaborador.

Quanto a isso, veja o que declarou a fisioterapeuta do Trabalho e ergonomista Priscilla Santana Bueno. Ela é participante, na condição de mestranda, do Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul:

Devemos procurar em casa reproduzir o ambiente com o qual já estamos habituados a trabalhar e estudar. Que seja um ambiente tranquilo, com uma cadeira confortável para que você tenha postura alinhada. E o computador deve estar num ponto onde se tenha boa iluminação. Fonte UFMS

Veja que ela já dá um ponto de partida para a promoção da ergonomia no home office:

  • A organização do ambiente em relação ao conforto dos materiais (especialmente da cadeira),
  • À iluminação,
  • O posicionamento do computador.

Confira nos itens que se seguem outras dicas importantes para que a sua empresa realmente promova a ergonomia no ambiente de trabalho, independentemente se ele é a sede da empresa ou a casa do colaborador.

Ouça seus colaboradores

Para começar é importante que você conheça quais são as necessidades dos seus colaboradores. O home office depende de alguns materiais e nem sempre as pessoas os possuem em casa.

Questione-os (preferencialmente em reuniões por vídeo privadas ou por mensagens privadas) quanto à estrutura que possuem, o que não têm, o que precisam e quais são os materiais dos quais sentem falta.

Ergonomia no home office

Outro ponto importante é saber se há reclamações como desenvolvimento de dores nas costas, pulsos e outros tipos. Esse é um ótimo ponto de partida para a ergonomia no home office, sabendo o que se precisa providenciar ou não.

Conceda materiais ergonômicos

Considere enviar à residência dos colaboradores materiais ergonômicos como cadeiras, descansos de pés e outros tipos de ferramentas. Elas podem ser as mesmas que se encontram na sua sede e que eles até então utilizavam.

Promova pausas e atividades ergonômicas, como alongamentos

Lembre-se de orientar os seus colaboradores à realização periódica de intervalos para descanso, beber água e fazer alongamentos. Eles não são os intrajornadas e sim outros descansos extras que são importantes para a ergonomia no home office.

Considere também enviar a eles dicas (como vídeos, tutoriais ou material em PDF) de exercícios ergonômicos para se fazer em casa. 


1 comentário

Oitchau - Registro de ponto por reconhecimento facial
PREÇOS A PARTIR DE APENAS R$ 300/mês

Junte-se a milhares de clientes satisfeitos que fazem a gestão de seus times com Oitchau