Controle de Ponto e RH - Gestão de Pessoas
Sistemas de pagamento

E-commerce: os melhores sistemas de pagamento!

Um dos pontos mais importantes a serem resolvidos ao criar um e-commerce é escolher o melhor sistema de pagamento online possível, tanto para o empreendedor quanto para os consumidores.

É preciso levar em consideração critérios como: taxas, mensalidade, confiabilidade, segurança, opções de pagamento e saque do dinheiro.

Escolhemos as três maiores e melhores opções do mercado atualmente (internacional, latino e nacional) para te ajudar a tomar a decisão!

Confira as avaliações:

 

PayPal

O método mais utilizado pelas grandes empresas, principalmente as que fazem vendas internacionalmente e tem grande margem de lucro.

Empresa do eBay (um dos maiores e-commerces do mundo), PayPal também é a maior operadora de pagamento online do mundo.

Uma das maiores vantagens é que também é método para pagar e receber dinheiro de muitas pessoas físicas, que utilizam o serviço como uma carteira eletrônica. Muitos profissionais que recebem salários de fora, por exemplo, utilizam o PayPal para receber.

Principais pontos positivos:

  • Meio de Pagamento mais popular nas compras internacionais.
  • Taxas especiais para ONGs sob consulta
  • Não há taxa de adesão
  • Possibilita o pagamento em 203 países e em 16 moedas correntes.
  • Bandeiras aceitas: VISA e Mastercard.
  • Aceita pagamento em Débito online dos bancos: Citibank, HSBC e Santander.
  • Ausência de mensalidade
  • Transferência gratuitamente para seu banco.
  • O vendedor recebe o pagamento em 24h (sujeito à análise de risco e crédito realizada pelo PayPal).
  • Sistema de Proteção ao Comprador em caso de não recebimento de compra ou pagamentos indevidos usados com a conta do PayPal.

Principais pontos negativos:

  • Não há dispositivos para vendas em lojas físicas

 

PagSeguro

Muito utilizado por pequenos e grandes lojistas, o grande diferencial do método é a segurança que as pessoas sentem em relação ao sistema, por pertencer ao UOL (que está há anos no mercado brasileiro), pelo atendimento rápido e por ser nacional.

Quando ocorre algum problema na compra, o consumidor não é obrigado a buscar bandeiras para resolver, ele pode apenas abrir um Pedido de Disputa para entrar em acordo com o vendedor ou reaver seu dinheiro.

Principais pontos positivos:

  • Pertence ao grupo UOL, que tem anos de mercado e é confiável.
  • Taxas: 1,9% a 2,9% com débito online ou boletos.
  • Não há taxa de adesão.
  • Bandeiras aceitas: VISA, MasterCard, American Express, Diners, Hipercard, Elo, Cabal, CARDBAN, FORTBRASIL, Brasilcard, GRANCRAD, Sorocred, Mais!, Avista, PLENOcard, Personalcard, VALECARD.
  • Aceita pagamento em Débito Online dos bancos: HSBC, Banco do Brasil, Itaú, Bradesco, Banrisul.
  • Aceita Transferência de uma conta do PagSeguro para outra.
  • Não é necessário pagar mensalidade.
  • Não é necessário contratar Gateway de Pagamento de terceiros (serviço de transação financeira)
  • Com o PagSeguro não é preciso realizar uma contratação de serviços antifraude.
  • Em caso de problemas com o produto ou entrega, oferece Sistema de Disputa para que clientes possam cancelar e reaver o dinheiro.
  • Se também tiver loja física, tem a Moderninha, a maquininha do PagSeguro que é pequenininha, sem mensalidade, você compra e é sua pra sempre. A nova favorita do mercado.

Principais pontos negativos:

  • Aceita apenas compras nacionais, compras em Real.
  • O pagamento fica retido no PagSeguro por 14 dias, mesmo em compras com débito.

 

Mercado Pago

Criado pelo Mercado Livre, maior e-commerce da América Latina, o sistema de pagamento é muito utilizado no continente inteiro.

Também faz a mediação do pagamento nas compras, liberando o dinheiro para o vendedor apenas quando o cliente sinaliza o recebimento da compra e avalia a experiência. O cliente pode bloquear o pagamento se algo estiver errado até que seja resolvido.

Principais pontos positivos:

  • Bandeiras aceitas: VISA, MasterCard, Elo, Hipercard, Diners, Cartão MercadoLivre.
  • Não há taxa de adesão
  • Sem mensalidade
  • Transferência gratuitamente para seu banco para as suas vendas no MercadoLivre.
  • Não é necessário ter um site para vender com o MercadoLivre.
  • Usado nos países: Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, México e Venezuela.
  • É possível agendar um dia do mês para receber os seus pagamentos.
  • Mercado Pago faz a intermediação em caso de problemas de compra, semelhante a Disputa do Pagseguro.

Principais pontos negativos:

  • Taxa de transferência 4,99% por cada pagamento aprovado para vendas fora do Mercado Livre.
  • No Mercado Livre é cobrada uma taxa de 10% de comissão sobre o valor produto vendido.
  • Não aceita transferências e depósitos bancários no Brasil.
  • O pagamento ficara retido no Mercado Pago por 14 dias, mesmo em compras com débito.